O Razer Naga é um mouse gamer focado em games do estilo MMO RPG, que demandam uma grande quantidade de comandos dos jogadores. Com seus 12 botões adicionais na lateral esquerda, acessíveis com o polegar, o Naga garante que o gamer tenha o item ou magia necessária de forma rápida, melhorando seu desempenho nas partidas.


Além dos botões extra, o Naga possui diversos recursos importantes para gamers, como um sensor preciso, várias configurações e ajustes, possiblidade de modificar o formato com a mudança de uma peça na lateral e uma ergonomia confortável e "firme na mão".

Outro diferencial da Razer, incluso neste produto, é o software Synapse 2.0, um programa de gerenciamento dos periféricos da empresa que une atualizações de firmware, ajustes e configurações e armazenamento na nuvem de preferências, de seus produtos. 

Design, ergonomia e especificações
O Naga possui um design curvelíneo, feito para o melhor encaixe dos dedos. Isto fica bem evidente na lateral esquerda, feita para acompanhar a empunhadura do polegar, nos botões direito e esquerdo, que possuem um desnível onde encaixam o indicador e dedo médio e por fim no lado direito a curvatura para posicionar os demais dedos da mão.

Nesta outra lateral temos um recurso interessante: a Razer inclui três peças plásticas com formatos diferentes, tornando possível encaixar de várias formas o dedo anular e mínimo, seja fazendo a "puxada" lateral com os dois, só com mínimo e o anular apoiado ou com os dois apoiados, sendo que a última, em minha opinião, não é opção mais interessante, já que o polegar trabalha bastante neste modelo, por conta dos vários botões à esquerda, então é bom ao menos um dedo no extremo oposto ajudando na empunhadura.

O encaixe desta peça na lateral é feita através de imãs, ficando bastante firme. As três peças tem uma ótima ergonomia, seguindo o padrão do restante do mouse, e com eles o usuário consegue deixar o mouse da forma como gosta de fazer a pegada.

Razer Naga


Na parte de baixo do mouse fica uma chave que altera o modo dos botões laterais, sendo que eles podem atuar tanto como equivalente ao numpad, na lateral direita do teclado, quanto aos números que ficam logo acima das letras.

Os 12 botões da lateral esquerda são bastante acessíveis, mesmo considerando a complexidade que é se localizar em uma grade com 3 colunas e 4 linhas. Todos os botões podem ser clicados sem perder a empunhadura do mouse, e uma leve saliência nos botões da segunda e quarta linha facilitam se localizar sem ter que ficar olhando para o mouse constantemente.

O alcance dos botões deve variar muito, de acordo com o tamanho e formato da mão de quem usa, mas no meu caso a última linha, com os botões 10, 11 e 12, é a única que requer um movimento mais amplo do polegar para ser acionada. Não chegam a ficar inacessíveis, mas é bom configurar funções menos utilizadas, por ali. 

  • Sensor laser 5600dpi Razer Precision 3.5G
  • 1000Hz Ultrapolling / tempo de resposta de 1ms
  • Max track speed: 200 polegadas por segundo
  • Zero-acoustic Ultraslick mouse feet
  • 17 botões otimizados para MMO (12 na lateral, acessíveis com o polegar)
  • Optional MMO-specific software AddOns
  • Unlimited character profiles with AddOns
  • Tamanho aproximado : 116 mm  (largura) x 70 mm (comprimento) x 46 mm (altura)
  • Peso aproximado: 134 g

Configurações e personalização
Para os ajustes avançados do mouse, a Razer disponibiliza o aplicativo Synapse 2.0. Um dos pontos interessantes deste aplicativo, para quem é fã da marca, é que ele centraliza a administração de todos os periféricos da Razer, sendo possível configurar todos os seus acessórios da empresa através de uma aplicação. No nosso caso, como estamos com o teclado BlackWidow Ultimate por aqui também, os dois aparecem na interface de configuração.

O aplicativo traz todos os ajustes que os gamers mais exigentes demanda, como múltiplos perfis, definição precisa de DPIs, aceleração do mouse e poling rate. Criação e configuração de macros também não ficam de fora, e por possuir um aplicativo único para ajustes, é fácil criar uma macro e definir um botão no mouse e no teclado para executá-la, em nosso caso. Depois de criado o conjunto de ações, basta atribuí-lo a um dos botões adicionais da lateral ou até mesmo alguns dos botões convencionais.

Na parte estética, o Naga não vai muito longe nas customizações: você pode habilitar ou desabilitar as luzes do scroll, dos botões laterais e do logo na parte central. Ele não possui opções de mudança de cor, para quem deseja um visual diferente, mas isto não chega a ser um incômodo já que a Razer já comercializa versões com diversas cores e desenhos, sendo possível já na compra pegar um "com a sua cara".

Por fim, o último detalhe que pode fazer falta é a impossibilidade de ajustar o peso do mouse. Enquanto outros modelos conseguem variar o seu peso graça a peças de metal encaixadas no seu interior, o Naga não possui este recurso. Pode desagradar aos mais exigentes, mas esta ausência está longe de comprometer o produto. 

Um ponto alto do Synapse é a sincronização das configurações com o servidor da Razer. Após criar seu cadastro, basta colocar o login e senha para que o próprio aplicativo busque suas preferências e reconfigure o seu periférico para suas definições. Este recurso é interessante para quem não quer perder seus ajustes ao trocar de PC.

Conclusão
O Razer Naga acompanha o padrão da empresa de entregar periféricos com ótima ergonomia e qualidade nos componentes. Apesar de assustar no princípio, os 12 botões adicionais da lateral esquerda são bastante eficientes e, com o devido treino, não é difícil encontrá-los rapidamente. 

Como esperamos de um produto com perfil gamer, o Naga traz uma série de ajustes e configurações para que o seu dono encontre as características ideais para ele. Além das modificações no sensor, como polling rate e DPI, o produto da Razer traz várias possibilidades com o software Synapse, como macros e múltiplos perfis.

Este mouse é altamente recomendável para quem busca um produto pensado em gêneros como MOBA, MMO RPG e demais games que possam demandar um grande número de botões. Ele também pode ter sua utilidade como ferramenta de produtividade, bastando configurar as ações ou combinações de teclas mais utilizadas em seu trabalho e atribuí-las a algum dos vários botões do aparelho.


PRÓS
  • Boa ergonomia
  • Muitos, mas MUITOS, botões adicionais
  • Razer Synapse 2.0
CONTRAS
  • É preciso treino para encontrar rapidamente os botões
  • Última linha de botões é um pouco difícil de alcançar
  • Preço