Segurança

Malware faz celular tirar foto secretamente a cada 2 segundos

06/10/2012 14:40 | | @twitter







Um aplicativo malicioso, escondido em um app legítimo, pode se instalar no celular e tirar fotos a cada dois segundos sem o consentimento do usuário. As imagens são enviadas a um servidor remoto que monta uma imagem 3D de onde a vítima está, proporcionando um retrato detalhado da localidade do usuário.

A tecnologia foi desenvolvida por pesquisadores da universidade de Indiana, nos Estados Unidos, e do Naval Surface Warfare Center, órgão de pesquisa ligado à Marinha americana. O malware, batizado de PlaceRaider, foi criado para mostrar que a tecnologia de “robô visual” já está ao alcance do mercado de telefonia móvel, demonstrando um dos perigos aos quais os usuários estão expostos.

Conforme a BBC, o PlaceRaider pode infectar aparelhos com Android 2.3 ou superior e não usa só a câmera, como outros recursos. "Através do uso completamente oportunista da câmara de telefone e outros sensores, o PaceRaider reconstrói modelos tridimensionais de ambientes", afirma o estudo publicado pelos pesquisadores.

"Ladrões à distância podem então 'baixar' o espaço físico, estudar o ambiente cuidadosamente e roubar objetos virtuais desse ambiente (como documentos financeiros, informações em telas de computadores e imagens sigilosas)." A imagem em 3D ainda permite que o controlador do app malicioso navegue pelo ambiente em busca de dados comprometedores do dono do aparelho.

Os estudiosos fizeram um teste com 20 estudantes voluntários. Nenhum deles conseguiu perceber a atividade maliciosa do aplicativo. Os autores dizem que qualquer especialista em tecnologia com "recursos modestos" poderia criar um cavalo-de-troia semelhante ao desenvolvido no laboratório de Indiana. Por enquanto, porém, podem ficar tranquilos: ainda não há nenhum indício de que algo semelhante tenha sido tentado.