Tecnologia

O que é e como funciona DLNA

15/09/2012 12:02 | | @twitter







Com a DLNA, surge uma solução para facilitar o acesso à arquivos multimídia em diversos eletrônicos. Um padrão de conectividade foi estabelecido e, através dele, é possível compartilhar músicas, vídeos e fotos entre dispositivos de marcas e modelos diferentes.

Desde a sua criação, vários fabricantes vem incorporando a tecnologia em seus equipamentos. Mas o que é DLNA? Qual a sua importância? Como funciona?

O que é?
É importante destacar que DLNA - Digital Living Network Alliance ou Aliança para Redes Domésticas Digitais - não é uma conexão, e sim um acordo entre empresas do ramo da tecnologia. 

Essa "aliança" foi firmada a fim de estabelecer um padrão para a conectividade multimídia entre equipamentos eletrônicos de modelos e marcas distintas.

Através disso, os dispositivos que são certificados pela DLNA fazem parte de um "protocolo comum" que os permite interagir, sendo possível acessar e compartilhar todos os arquivos de vídeo, música e foto de aparelhos diferentes. Para fazer essa interação, só é necessário que eles estejam ligados a uma mesma rede local.

Como surgiu
A DLNA foi estabelecida pela Sony em junho de 2003 quando um grupo de empresas concordaram em criar uma tecnologia baseada em padrões, buscando que todos os seus produtos fossem compatíveis em uma rede, mesmo que fossem feitos por diferentes fabricantes.

Com o tempo, a tecnologia continuou recebendo melhorias e hoje existem mais de 240 membros associados à DLNA, entre eles os principais fabricantes mundiais de aparelhos eletrônicos, desenvolvedores de software, dispositivos, serviços e aplicações e os provedores de conteúdo.

Entre as empresas que compõem, podemos citar nomes como: AT&T, Cisco Systems, DIRECTV, Dolby, HP, Huawei, Intel, LG, Microsoft, Motorola, Nokia, Panasonic, Samsung, Sharp, Sony. A Apple não compõe o grupo e adota em seus equipamentos outro protocolo, o Digital Audio Access Protocol (DAAP).

Suporte
Televisões, smartphones, impressoras, netbooks, notebooks, computadores, HDs externos, aparelhos de som, DVD Player, câmeras e consoles são exemplos de dispositivos que podem ter certificado DLNA.

O site da organização oferece uma lista de produtos compatíveis. Pode procurar por um "selo DLNA" no seu eletrônico ou entrar na página e confirmar!

O que precisa para utilizar o serviço?
De dispositivos certificados pela DLNA que estejam conectados em uma mesma rede local.

Como funciona?
Para ilustrar o funcionamento da tecnologia, montamos um demonstrativo com a troca de arquivos entre um smartphone Android e um PC com Windows 7. Realizamos um passo a passo sobre como utilizar a tecnologia nessa situação:

Ao iniciar, deve-se garantir que os dois estejam conectados em uma mesma rede, nesse caso Wi-Fi. Depois, abrimos o aplicativo All Share* e o smartphone já tornou-se preparado para trocar arquivos de mídia com outros aparelhos, dispensando o uso de cabos ou de Bluetooth.

*All Share é exclusivo de aparelhos Samsung. Outros aparelhos podem utilizar o serviço através de apps como Skifta, iMediaShare Lite, 2player, SmartShare (LG).

Depois, pesquisamos dispositivos compatíveis e tivemos acesso aos arquivos multimídia de um PC da redação. Através dessa tecnologia, é possível, além de acessar, também baixar os arquivos que tenha interesse. Confira as ilustrações abaixo:


Acesso aos arquivos multimídias de um computador da redação com o app AllShare


Agora, realizamos o inverso. Através do computador da redação, acessamos as músicas, vídeos e fotos do smartphone. No caso do Windows 7, ele também possui um assistente que faz a conexão. É só digitar “streaming” na pesquisa do menu Iniciar, abrir "Opções de streaming de mídia" e selecionar a opção “Permitido". Depois, acesse a biblioteca do Windows Media Player e procure pelo seu dispositivo. Veja detalhes abaixo, em uma sequência de fotos:


Acessamos a biblioteca multimídia do smartphone pelo computador com Windows 7


Qualquer dispositivo que tenha certificação DLNA pode realizar esse compartilhamento. Basta procurar nos manuais dos seus produtos como ele pode ser feito. No caso de televisões LG, a empresa divulgou vídeos na internet.

Conclusão
A DLNA trouxe um serviço que pode facilitar muito o nosso cotidiano. Através dele, é possível escutar as músicas que estão armazenadas no seu smartphone em um computador com caixas de sons mais potentes ou em um home theater só com o seu console e até mesmo compartilhá-las sem necessitar de Bluetooth.

Pode assistir a um vídeo ou filme que deixou armazenado na sua câmera ou em um HD externo na sua TV sem o uso de qualquer tipo de cabo. Além disso, enviar a foto que você recebeu em seu celular diretamente para uma impressora sem a necessidade de ser repassada para vários equipamentos.

Esses são somente alguns exemplos de uso de uma tecnologia que está cada vez mais presente nos dispositivos que utilizamos. Procure a forma que melhor se adapta a você!