Mobile

Como transformar um cartão SIM convencional (mini SIM) em um micro SIM

12/08/2012 10:24 | | @twitter







Quem trocou recentemente de celular pode ter se deparado com uma surpresa: a entrada para o chip da operadora mudou em muitos dos aparelhos mais modernos. E agora, precisarei trocar meu cartão? Não necessariamente. Há como adaptar o seu cartão SIM tradicional (formato mini Sim) e fazer ele encaixar em um slot para cartão micro SIM, e com adaptador é possível até mesmo "reverter o processo" e ligar o seu cartão micro SIM adaptado em uma porta SIM convencional.


Mini SIM e micro SIM

O processo de transformar o cartão mini em micro SIM é bastante simples, por conta de dois fatores: os dois possuem o mesmo padrão na área que efetivamente faz a conexão, e a área a mais do cartão Mini SIM não passa de "enchimento", ou seja, se cortarmos fora, não influencia no funcionamento do cartão.

O procedimento para transformar o SIM em micro SIM é, simplesmente, cortar fora a área sem uso, para que ele fique no formato menor, e  há três formas de se fazer isto. Uma delas é adquirir um cortador, que já encaixa e faz o corte preciso do cartão. Essa opção é a melhor para quem terá que fazer isto diversas vezes, pois este cortador torna esta ação muito rápida e prática. No Brasil, ele é vendido por valores entre 30 a 50 reais, enquanto no exterior está na casa de 5 dólares. Outra vantagem do cortador é que ele costuma acompanhar alguns adaptadores, para você encaixar o seu recém transformado micro SIM em mini SIM novamente, se preciso.


A segunda opção, para quem quer economizar, é adquirir somente uma marcação, para saber onde cortar. O kit costuma incluir um adesivo, que colado sobre o cartão mini SIM, mostra exatamente o local onde o corte deve ser feito. Estes produtos também costumam acompanhar um adaptador para "reverter o processo". Bem mais baratos, custam aproximadamente um dólar, mas ainda são difíceis de encontrar para compra no Brasil. O jeito é procurar em sites estrangeiros, e ter paciência para esperar chegar. Optamos por esta opção para migrar um cartão no formato antigo para o micro SIM do Lumia 900, em análise por aqui. A sequência de fotos abaixo mostra como foi o processo.



A terceira opção é para os fortes: cortar "na mão". O cartão final deve ter uma medida de 12 milímetros de altura por 15 milímetros de largura, centralizando os conectores (aquela parte dourada) o máximo possível. Não é difícil centralizar, já que neste formato o conector ocupa praticamente toda a área do cartão. Se for cortado um pouco da  parte em dourado, não se desespere, já que se o corte pegar pouco dos cantos do conector, não irá arruinar o seu funcionamento.


Com um estilete e habilidade, pode ser que dê até para encaixar ele de volta no formato antigo

Uma dica importante: na dúvida, corte menos, pois é fácil cortar o cartão SIM, por ser um material bastante macio. Se ficou grande, é só aparar um pouco mais, já o contrário... lembre que o cartão SIM não cresce de volta! Se ficar muito pequeno, terão muita folga o encaixe na porta de seu tablet ou smartphone, e o contato será perdido. Se você é corajoso e tem um pulso firme, não quer gastar nada ou nem liga para seu cartão SIM, e nem liga se der errado, esta é a melhor opção.