Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

Veja os principais pontos da conferência da Nintendo na E3

Veja os principais pontos da conferência da Nintendo na E3







A conferência da Nintendo na E3 2010 iniciou exatamente na hora agendada, às 13h da tarde, horário de Brasília, no Nokia Center. Será que a gigante japonesa apresentou um novo “Zelda”, conforme rumores pré-E3? Será que um Wii com recursos HD foi finalmente revelado? E o que dizer sobre o 3DS, nova versão do console portátil da empresa que traz funcionalidade 3D sem óculos? Role a barra de rolagem da página e descubra agora mesmo.


Soltando a bomba

Regis Fils-Aime, chefe de operações da Nintendo das América,  sobe ao palco e já começa a falar sobre tecnologia. “A melhor experiência vem quando combinamos tecnologia e design. Quando eles se juntam, temos a melhor experiência que faz sentido nas nossas vidas. Trazemos agora o que vocês estavam esperando”, anunciou, deixando a ideia em vago.

As luzes se apagam e um vídeo surpresa apresenta “The Legend of Zelda: Skyward Sword”, jogo de ação e aventura com elementos de RPG exclusivo do Wii que irá ser lançado em 2011. Sob aplausos e comemorações da plateia, é a vez do criador da franquia Shigeru Miyamoto  aparecer em um vídeo subsequente e apresentar como funcionará a mecânica de controle do game, com a utilização do Wii Remote aprimorado com o Wii Motion Plus.

{gametrailers::101470}


Após uma breve introdução no vídeo, Miyamoto surge de surpresa no palco, saúda a todos e explica exatamente como tudo vai funcionar. Segundo o criador da saga de Link, basta imaginar que se segura uma espada e um escudo para executar os movimentos do personagem no jogo.  A resposta, devido à utilização do Motion Plus, demonstra ser bastante precisa e reproduz a movimentação exata feita pelas mãos do jogador. É fazer o movimento característico de golpes de espada e jogar.


Com o Nunchuck na mão esquerda, a simulação do uso de escudo também corresponde à ação. É preciso entrar em posição declinada de defesa e seguir com a jogabilidade, variando com os ataques de espada para vencer os inimigos, enquanto mira com o botão Z e utiliza o A para escalar, agarrar objetos e utensílios diversos. Também é possível lançar esses mesmos objetos, utilizar diferentes armas – como arco-e-flecha e chicote – e pilotar animais voadores capturados pelo herói.


Casuais ganham força
Na sequência, Reggie volta do backstage e diz que a Nintendo que promover experiências para todos, seja com jogos que prezem por realismo ou que sejam mais focados na rápida diversão. Com isso, apresenta games esportivos para o Wii. É o caso de “Mario Sports Mix”, jogo que traz uma coleção de títulos esportivos  baseados no mundo do ícone da produtora japonesa, como voleibol, basquetebol e hóquei.

{gametrailers::101476}


Na sequência, o executivo fala das conquistas mercadológicas da Nintendo: é o console de mesa que mais vende sistemas, o que mais vende jogos desde o lançamento,  e que mais tempo gastam os usuários para jogar (segundo estudo do grupo americano NPD). Aliás, “Mario Kart Wii” vendeu mais de 15 milhões mundialmente.

“Wii Party” é a próxima atração. Traz 13 minijogos que promovem a rápida diversão conjunta entre vários jogadores. A intenção da Nintendo é promover a socialização dos jogadores com sua família e amigos. “Just Dance 2”, por sua vez, é a volta do sucesso mundial do jogo de dança exclusivo do Wii. O enfoque é dançar conforme os comandos que aparecem na tela, ao embalo de inéditas canções de sucesso dos gêneros pop e hip-hop.

{gametrailers::101488}


Jogos para Wii
James Bond retorna ao Wii com “GoldenEye 007”, repaginação do clássico do Nintendo 64 que fez a alegria de muitos fãs, principalmente pelo viciante modo multiplayer. Sendo um dos jogos mais bem avaliados da história, o título está sendo readaptado às capacidades do Wii e é focado no “redirecionado a relembrar velhas aventuras do nosso antigo console, com confrontos em partidas multijogador inesquecíveis”, disse a Nintendo. O game aparece no mercado até meados deste ano.

{gametrailers::101474}


“Epic Mickey”, de acordo com os produtores e a demo jogável mostrada, é localizado em uma “adventure land” (terra de aventuras), rodeado de personagens conhecidos da Disney pertencentes ao desenho animado Mickey. Para além de uma simples aventura do personagem mais famoso da animação mundial, o jogador será possível usar uma ferramenta de pintura para mudar os cenários em volta, no melhor estilo plataforma.

{gametrailers::101474}


A maneira como essa ferramenta é utilizada irá influenciar totalmente no gameplay, já que com ela você poderá criar plataformas, meios de seguir caminhos, reconstruir áreas destruídas e completar facilitações de percurso durante a jornada. Relembrar o primeiro filme do Mickey também fará parte do pacote de atrações.

Lembra do bichinho fofinho cor-de-rosa chamado “Kirby”? Pois uma nova aventura em plataforma 2D será lançado no terceiro trimestre sob o nome de “Kirby: Epic Yarn”.

   

Além disso, a trupe de macacos selvagens mascotes da Nintendo estará de volta em um jogo de plataforma também 2D inédito. Espere por níveis de diversão altíssimos e desafios em florestas, montanhas-russas, navios e ilhas em “Donkey Kong Country Returns”, que será lançado até meados de 2010.

{gametrailers::101484}


E, no último dia de agosto (31 de 2010), é a vez do aguardo “Metroid: Other M” dar as caras no Wii. Para além de uma aventura em primeira pessoa, a isolação da personagem Samus estará em pauta. A Nintendo promete foco na história com muito tiroteio balanceado a confrontos com chefes de fase gigantes.


Nintendo 3DS + funções + jogos
“O Nintendo 3DS está a caminho”. Reggie assim resumiu a gama de informação sobre o inovador portátil. A utilização obrigatória de óculos especial para o recurso 3D está totalmente descartada no sistema - que ainda não tem data de lançamento definida nem preço de custo. Em outras palavras, não será preciso nenhum tipo de acessório na frente dos olhos para jogar em 3D no pequeno aparelho.


Neste momento, Satoru Iwata, representante mundial da Nintendo, sobe ao palco e mostra, pela primeira vez e com exclusividade global, o 3DS e enfatiza a não obrigação para o uso de óculos de leitura 3D. O portátil terá duas telas, sendo que de a baixo será touch screen.


A capacidade gráfica do 3DS, primeiramente, foi aumentada. Além disso, um sensor de movimento que captura profundidade e movimentos em direções distintas também foi incluso. Fora a câmera embutida, que irá permitir até mesmo fotografar em 3D. “Mais um aspecto: o Nintendo 3DS irá reproduzir filmes 3D de Hollywood, das companhias Disney, Warner Bros e Dreamworks”, continuou.

Sobre os jogos, “Golden Sun: Dark Dawn” é um RPG bastante característico e tradicional que aparenta ser constituído por batalhas em turno. Chefes gigantes, utilização de magias e itens secretos aguardam o jogador.



“Dragon Quest IX: Sentinel of the Starry Skies”, nona versão do famoso RPG já lançado para DS no Japão, onde é sucesso absoluto, preza por ações multiplayer coma até quatro jogadores simultâneos. Chega no mercado no início de julho.



Para os games em 3D, “Kid Icarus: Uprising” chega com o ar de surpresa e suepreende pela mecânica voadora de jogabilidade, além de combates acionados com golpes de espada, arco-e-flecha e magias.  Pelo sensor de movimento da câmera do pequeno sistema, será possível se distanciar ou se aproximar dos inimigos pelo afastamento do portátil em relação ao seu corpo. Isso será feito também para identificar altura, largura e profundidade de objetos, como o executivo japonês informou.



“Nintendogs + Cats” retorna com o conceito de criar bichos de animação virtuais. Agora, além dos cachorrinhos, gatos estão na jogatina. Será que rolarão brigas tensas entre as diferentes espécies? 



A Nintendo ainda fechou parcerias para abastecer o 3DS com as principais empresas third-party do mercado de jogos eletrônicos. Como carros-chefe, estão Capcom (“Resident Evil: Revelations” e “Super Street Fighter IV"}, Konami (“Metal Gear Solid: Snake Eater”), Square-Enix (“Kingdom Hearts”), Level-5, Atlus ("Shin Megami Tensei: Persona"), Ubisoft (“Assassin’s Creed”), Activision ("DJ Hero") e Electronic Arts (“Madden NFL”, “FIFA Soccer” e “The Sims”). Além de remakes de clássicos estrondosos da família Nintendo para o portátil, como "The Legend of Zelda: Ocarina of Time" e "Star Fox 64".

Minutos finais
Reggie retorna ao palco central e reforça a vonta de Nintendo em promover novas experiências com eletrônicos, especialmente os da sua linha.  Um vídeo, então, surge no telão e mostra Iwata sendo sugado para dentro do 3DS. O mesmo passa com Shigeru Miyamoto. Reggis fica por último e Bowser, chefão dos jogos da franquia “Mario”, sai do portátil e põe fogo na cara do executivo. A plateia aplaude e se diverte com a criativa animação que serviu como pesado marketing de divulgação do 3DS.



Para finalizar, no Nokia Theater, lugar da conferência, dezenas de booth babes entram na arena (onde os jornalistas estão sentados), cada uma delas segurando uma unidade do 3DS. A jogada da Nintendo, para espanto dos presentes, foi disponibilizar a jogatina grátis pelo portátil, em primeira mão e com exclusividade mundial, ao mesmo tempo em que “The Legend of Zelda: Skyword Swords” estava jogável em estações próprias para testes, na mesma arena.


Com a plateia ao delírio, Reggie dá adeus e diz que a Nintendo elevou o nível da competição entre os videogames mais uma vez. E ele provavelmente está certo. Essa foi, de longe, a melhor conferência da Nintendo em anos.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *